Auxílio Brasil: Como se inscrever? Regras para Cadastro

Saiba como funciona o Auxílio Brasil e como se inscrever no programa criado pelo Governo Federal!

Por Shirlayne Thayse em 30/06/2022

publicidade

Auxílio Brasil é um programa criado pelo Governo Federal que tem como principal objetivo ajudar as famílias que vivem em situação pobreza e de extrema pobreza. De acordo com dados levantados, cerca de 17,5 milhões de famílias são atendidas atualmente pelo programa.

Auxílio Brasil
Auxílio Brasil: Como se inscrever? Regras para Cadastro (Imagem: Divulgação)

Para receber o auxílio, é necessário se encaixar nos requisitos estabelecidos pelo programa. Saiba a seguir!

publicidade

Regras de cadastro Auxílio Brasil

De modo geral, ele é destinado as famílias em situação de extrema pobreza; pobreza e famílias em regra de emancipação.

As famílias em situação de extrema pobreza são aquelas contam com uma renda familiar mensal per capita de até R$ 105,00 (cento e cinco reais). Enquanto isso, as em situação de pobreza são aqueles que possuem uma renda mensal entre 105,01 e R$ 210,00 (cento e cinco reais e um centavo e duzentos e dez reais).

Auxílio Brasil é de inteira responsabilidade do Ministério da Cidadania, que também é o responsável por gerenciar os benefícios do programa e o envio de recursos para pagamento.

Além de garantir uma renda mensal a essas famílias, o programa tem como objetivo ajudar essas pessoas para que elas possam alcançarem autonomia e superarem as situações de vulnerabilidade social que vivem.

Cadastro Auxílio Brasil

O Governo Federal usa os cadastros do Bolsa Família e do CadÚnico beneficiar as famílias brasileiras que têm direito ao benefício.

Os beneficiários elegíveis no Bolsa Famílias foram incluídos automaticamente no Auxílio Brasil em outubro de 2021, sem precisar que os mesmos fizessem algum tipo de cadastro/inscrição.

Sendo assim, se você já possui cadastro no CadÚnico, não precisa fazer recadastramento no Auxílio Brasil.

De modo geral, existem três possibilidades para recebimento deste benefício pago pelo Governo Federal. São elas:

  • Pessoas que já tinham o Bolsa Família: O Auxílio será pago automaticamente;
  • Pessoas inscritas no CadÚnico, mas que não recebiam o Bolsa Família: Vão para a lista de espera;
  • Pessoas não cadastradas no CddÚnico: É necessário procurar o Cras da cidade para se cadastrar.

Se você é uma das pessoas que não é inscrita no CadÚnico e se encaixa nos requisitos do Auxílio Brasil, saiba que para receber é necessário fazer o seu cadastramento no Cras da sua cidade.

Para isso, é preciso levar documentos como RG, CPF e comprovante de residência.

Lembrando que mesmo que faça o cadastro no CadÚnico, isso não será uma garantia de recebimento do auxílio.

Calendário de pagamento

Como já mencionado, o Auxílio Brasil utiliza os mesmos cadastros dos beneficiários do Bolsa Família. Com isso, as datas de pagamento do benefício foram mantidas.

Ou seja, os beneficiários continuam recebendo o auxílio na mesma data que antes, levando em consideração o fim do Número de Inscrição Social (NIS). 

A seguir, confira as datas de depósito do Auxílio Brasil 2022: