Conheça o Programa Acredita: crédito de até R$80 mil para MEIs

É MEI e precisa de crédito para renegociar suas dívidas ou investir em seu negócio? Então, você precisa conhecer o Programa Acredita, que disponibiliza até R$ 80 mil para microempreendedores brasileiros.

Seja para incentivar pequenos negócios, renegociação de dívidas e até mesmo crédito imobiliário, o programa oferece grandes possibilidades. Quer saber como participar? Então, saiba que elaboramos um passo a passo para você!

Mas antes, que tal conferir as principais informações sobre o programa, como funciona e outros detalhes importantes? Basta acompanhar a leitura até o final!

O que é o Programa Acredita?

O Programa Acredita é uma iniciativa voltada para Microempreendedores Individuais (MEIs), oferecendo acesso a crédito de até R$80 mil.

Essa oportunidade visa fornecer suporte financeiro aos MEIs, permitindo-lhes expandir e fortalecer seus negócios.

Com esse financiamento disponível, os MEIs podem investir em diversos aspectos de suas operações, como compra de equipamentos, estoque, marketing, expansão do negócio e outros custos operacionais.

Em abril de 2024, o Governo Federal lançou o programa por meio da Medida Provisória 1213/24, com o intuito de impulsionar o desenvolvimento econômico do país.

Além disso, a Medida Provisória que estabelece o Acredita Brasil já está em vigor, porém, para ser oficializada como lei.

Isso porque a aprovação requer análise em uma comissão mista e posterior votação na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

Enquanto a medida ainda não está oficializada, você pode conhecer melhor sobre o funcionamento do programa para os MEIS.

Como funciona o Programa Acredita?

A princípio, o programa opera por meio de quatro eixos de atuação distintos. Eles proporcionam oportunidades de renegociação de dívidas e acesso a linhas de crédito para pequenos negócios ou indivíduos registrados no (CadÚnico).

Além disso, a iniciativa busca facilitar o acesso a taxas mais vantajosas de financiamento imobiliário para famílias de classe média.

Fonte: Reprodução | Web

1. Acredita no Primeiro Passo 

Acredita no Primeiro Passo oferece pequenos empréstimos para pessoas de baixa renda, especialmente para famílias sem registro formal de trabalho, mulheres e agricultores pequenos.

2. Acredita no Negócio

Nestes eixo, são 4 eixo dentro do mesmo plano. Nele, estão os seguintes:

  • Alívio para Pequenos Negócios: permite que microempreendedores individuais (MEIs) e pequenas empresas com receita anual até R$ 4,8 milhões renegociem suas dívidas;
  • Procred 360: uma linha de crédito especial para MEIs com receita anual até R$ 260 mil. Eles poderão acessar empréstimos com juros de Taxa Selic + 5% ao ano;
  • Aprimoramento do Pronampe: permite a renegociação de dívidas mesmo após o cumprimento das garantias, além de aumentar o limite de crédito para até 50% da receita bruta anual da empresa;
  • Apoio às Micro e Pequenas Empresas (MPE) pelo Sebrae: expandirá as linhas de crédito do FAMPE (Fundo de Aval para Micro e Pequenas Empresas) ao longo dos próximos três anos.

3. Acredita no Crédito Imobiliário

Uma proposta para impulsionar a construção civil e o mercado imobiliário, visando ajudar famílias de classe média que não se qualificam para programas habitacionais como o Minha Casa, Minha Vida.

4. Acredita no Brasil Sustentável

Aqui, acontece a promoção de projetos sustentáveis através de proteção contra flutuações cambiais para atrair investidores estrangeiros.

Quais são as principais medidas e impactos do programa?

As ações do Acredita trazem uma gama de vantagens, como a possibilidade de renegociar dívidas, acesso a linhas de crédito especiais com taxas atrativas e prazos flexíveis, facilitação do acesso ao crédito para habitação e estímulo a iniciativas sustentáveis.

Fonte: Reprodução | Web

O que é o Desenrola Negócio?

O Desenrola Pequenos Negócios, que faz parte do Acredita Brasil, proporciona aos microempreendedores individuais (MEIs), microempresas e empresas de pequeno porte a chance de negociar suas dívidas com bancos e outras instituições financeiras.

O propósito é fortalecer o ambiente empresarial e impulsionar o desenvolvimento econômico do país, reconhecendo a importância desses pequenos negócios na criação de empregos e na geração de renda.

Ou seja, empresas com receita anual de até R$ 4,8 milhões e dívidas vencidas há mais de 90 dias podem se beneficiar, independentemente do montante da dívida ou do tempo de atraso.

O programa oferece condições especiais de renegociação, incluindo descontos atrativos, prazos flexíveis e taxas de juros favoráveis.

Como participar do programa Acredita Brasil?

Agora que você sabe como funciona o programa, é hora de aprender como participar para ter a chance de receber o crédito.

Lembrando que ele pode ser uma ótima oportunidade, principalmente para os microempreendedores negociar suas dívidas.