Novo valor do Auxílio Brasil divulgado

O Governo Federal aprovou o novo valor do Auxílio Brasil. Confira a seguir mais detalhes sobre!

Por Shirlayne Thayse em 30/06/2022

publicidade

Os beneficiários do Auxílio Brasil podem comemorar, pois um novo valor Auxílio Brasil foi aprovado. A partir do dia 18 de maio, a Caixa Econômica Federal retomou os pagamentos do benefício que atende milhares de famílias brasileiras e com um novo valor. 

As pessoas que recebem mensalmente esse benefício, é preciso estarem atentas aos valores depositados, visto que foi aprovado piso salarial.

Novo valor do Auxílio Brasil divulgado (Imagem: Reprodução)
publicidade

O novo valor foi aprovado no dia 4 de maio, com a medida provisória que garante a forma permanente de R$ 400 paras as famílias beneficiárias do Auxílio Brasil (MP 1.076/2021). 

De início, a proposta do governo federal era que o piso ficasse sendo pago até o mês de dezembro de 2022. No entanto, após várias reuniões no Plenário do Senado, foi aprovado o “benefício extraordinário”, que estabelece o valor de R$ 400 de forma permanente. 

Como consultar o valor do Auxílio Brasil?

Se você deseja saber qual o valor do seu Auxílio Brasil, saiba que o procedimento a ser realizado é bastante simples. 

A consulta é feita no aplicativo do programa que está disponível para smartphones do sistema IOS e Android. 

Abaixo, elaboramos um simples passo a passo para que você tenha ideia de como funciona. Confira:

  • Vá até a loja de aplicativos do seu celular;
  • Faça o download do aplicativo do Auxílio Brasil;
  • Informe o seu CPF;
  • Crie uma senha de acesso;
  • Agora entre no aplicativo e clique no botão de consulta dos valores. 

Lista dos abonos complementares aprovados

O benefício extraordinário é calculado de acordo com a soma dos benefícios financeiros do Auxílio Brasil, que é destinado para famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza. 

A seguir, confira a lista dos abonos complementares:

  • Benefício primeira infância: No valor de R$ 130 para famílias com crianças de idade até 3 anos de idade;
  • Benefício composição familiar: no valor de R$ 65 (por pessoa) para famílias que tenham gestantes, ou pessoas de 3 a 17 anos de idade, ou de 18 a 21 anos matriculados na educação básica;
  • Benefício de superação da extrema pobreza: No valor de R$ 65 para jovens de 18 a 21 anos incompletos;
  • Auxílio Esporte Escolar: No valor de R$ 100 mensais ou parcela única de R$ 1 mil para estudantes de 12 a 17 anos incompletos que se destacam em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros. 
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: No valor de R$ 100 mensais ou R$ 1 mil em parcela única para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas.
  • Auxílio Criança Cidadã: No valor de R$200 para o responsável de criança de até 4 anos que não tenha conseguido vaga em creches públicas em período parcial e R$ 300 para os responsáveis de crianças que não conseguiram vagas em creches públicas no período integral;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: No valor de R$ 200 para os agricultores familiares inscritos no CadÚnico;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: No valor de R$ 200 para aqueles que conseguirem comprovar vínculo de emprego formal;