Casos de Família: Como funciona o Programa e Participar com a Família

O programa Casos de Família é exibido de segunda à sexta no SBT, a partir das 15 horas. Ele é apresentado por Christina Rocha. Toda a participação no programa é paga.

Cada programa é composto por três integrantes de uma mesma família, amigos ou até colegas de trabalho. Eles participam para resolver problemas interpessoais.

Cada programa tem uma temática diferente, como: “Meu Pai Trabalhou Tanto que já Nasci Cansado”. Ficou interessado? Continue nos acompanhando para saber como funciona o programa e como fazer sua inscrição!

Como funciona o Casos de Família?

O programa Casos de Família é um dos mais polêmicos da televisão brasileira, com alto índice de audiência. Algumas pessoas tendem a achar que todos os conflitos são armados pela produção do programa. Nesse sentido, os envolvidos seriam atores contratados.

No entanto, isso não é verdade. Os participantes são reais e ganham R$ 150 cada um pela sua participação. Os participantes geralmente são das regiões da cidade de São Paulo, para conseguirem participar das gravações.

No entanto, o programa é turbulento. Isso porque os participantes estão lá para resolver conflitos que não conseguem resolver com uma comunicação pacífica. Pode ser uma família, amigos, colegas de trabalho ou outros grupos sociais.

Nessa dinâmica ousada, há conflitos e até brigas verbais no palco, mediados pela apresentadora Christina Rocha e pela psicóloga Anahy D’Amico.

No final, há uma espécie de resolução do conflito por parte de todos os participantes. No entanto, em algumas situações, é impossível remediar o conflito.

Além disso, a plateia também pode fazer perguntas e dar opiniões sobre o caso, conforme a apresentadora ofereça a oportunidade.

Quem pode participar do Casos de Família?

Qualquer pessoa pode participar do programa Casos de Família. Até pessoas menores de 18 anos podem participar, com a autorização dos pais ou responsáveis.

O ideal é que você e outras pessoas tenham um conflito pendente para resolver no palco. No entanto, caso você não goste de ter sua vida ou imagem pessoal exposta em TV aberta, esse não é o melhor programa para você.

Isso porque a dinâmica no palco pode ficar agressiva verbalmente. Alguns casos mais famosos já tratados no programa foram: “Você é Um Safado, Sua Esposa Tranqueira e Eu que Não Presto por Ser Gay?”, “Amor, não é Porque Fico com Outras na Rua Que eu Não Te Amo”, entre outros.

A inscrição é realizada totalmente online e gratuitamente.

Qual é o prêmio oferecido pelo programa?

A participação geralmente é entre três pessoas com conflitos interpessoais, para serem resolvidos no palco, com a mediação da psicóloga, apresentadora e opiniões da plateia.

Cada um dos três participantes garante o prêmio de R$ 150 apenas pela participação.

Como participar com a família no programa?

Para participar do programa Casos de Família, o grupo em conflito (composto geralmente por três pessoas) precisa ter mais de 18 anos. No caso de participantes menores de idade, é necessária a autorização do pais ou responsáveis.

Além disso, todos os participantes precisam residir na cidade de São Paulo, local em que ocorrem as gravações.

Passo a passo completo para participar do Casos de Família! Saiba aqui como se inscrever e participar do programa.

Portanto, você tem uma chance de remediar um conflito que já tem tempo demais com a ajuda de opiniões de pessoas de fora (a plateia), a ajuda da apresentadora e da psicóloga Anahy D’Amico.

Essa é uma forma de transformar algumas relações interpessoais em mais pacíficas e ainda ganhar R$ 150 cada um. O ideal é que todos os participantes envolvidos estejam à vontade para expor problemas pessoais na TV aberta.

Na hora de fazer sua inscrição, não deixe de contar sua história de um modo impactante, surpreendente e diferente. Além disso, deixe todos os envolvidos cientes de que você está realizando a inscrição.