Salário Família: Receba até R$59,82 por filho

Trabalha com carteira assinada recebendo um salário mínimo? Tem filhos menores de 14 anos? Então dá para solicitar o salário família! Esse benefício do Governo Federal é para trabalhadores que tem filhos ou dependentes menores em casa. Dá para conseguir R$ 59,82 por filho. Ou seja, já ajuda nas despesas, né?

Só que pra conseguir, você precisa seguir as orientações direitinho junto com a empresa onde você trabalha. Por isso, é importante conferir um passo a passo de como solicitar esse apoio financeiro, que tal?

Ficou interessado? Então continue a leitura para saber tudo sobre o salário família e como você pode recebê-lo todos os meses junto com o seu pagamento mensal!

O que é o salário família?

Em primeiro lugar, o salário família é um benefício financeiro oferecido para os trabalhadores que recebem um pouco mais que o salário mínimo. Este benefício é destinado para os filhos ou dependentes menores de 14 anos ou com invalidez (independentemente da idade).

salário família
Fonte: Shutterstock

Todos os anos, a tabela de valores é atualizada (geralmente no começo do ano) estipulando um limite de renda para ser elegível a receber o valor. Vale ressaltar, no entanto, que esse apoio é dado quando a renda mensal total do trabalhador não ultrapassa um limite específico.

Além disso, o salário família é um benefício individual, ou seja, os trabalhadores podem recebê-lo ao se enquadrar nos requisitos. A seguir, confira mais detalhes sobre a concessão do salário família!

Quem pode receber o salário família?

A princípio, o salário família é destinado aos trabalhadores, até mesmo domésticos, bem como aos trabalhadores avulsos. O direito ao benefício é concedido aos funcionários que tenham filhos ou equiparados menores de 14 anos ou com invalidez.

Nesse sentido, o valor é pago todos os meses com base na quantidade de dependentes que esse trabalhador tem, exceto os filhos portadores de deficiência.

Nesse caso específico, não existem limitações em relação à idade, contanto que a deficiência seja comprovada através de uma perícia médica do INSS.

Além do mais, o benefício também é dado aos aposentados que tenham filhos menores de 14 anos de idade. Nesse caso, é necessário que o homem tenha mais de 65 anos e a mulher mais de 60.

Quanto é o valor recebido todos os meses?

Antes de mais nada, o salário família agora em 2023 é no valor de R$ 59,82 POR FILHO OU DEPENDENTE com até 14 anos ou com invalidez. Vale lembrar que o valor é ajustado todos os anos em janeiro.

Vale ressaltar que esse apoio financeiro pode ser somado a outros, como o salário-maternidade, auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, ou por idade, especialmente em situações em que o requerente tem 65 anos ou mais (homens) ou 60 anos ou mais (mulheres).

Quais as regras para receber o benefício?

Assim como em qualquer outro programa ou benefício social, é necessário cumprir algumas regras básicas para ter direito de receber o valor. Além disso, também é necessário apresentar certos documentos, como:

  • Caderneta de vacinação ou equivalente dos dependentes de até 6 anos de idade;
  • Comprovação de frequência escolar dos dependentes de 7 a 14 anos de idade.
salário família
Fonte: Shutterstock

Agora, na hora de renovar o benefício do salário família, é essencial apresentar todos os anos a carteira de vacinação dos dependentes até o mês de novembro. Enquanto isso, o histórico escolar precisa ser entregue a cada seis meses, nos meses de maio e novembro.

Vale destacar ainda que na hipótese de o trabalhador ter mais de dois empregos, será considerada a remuneração mensal equivalente ao valor total do respectivo salário de contribuição ao INSS. 

Já no caso dos aposentados ou qualquer outra pessoa que receba benefícios da Previdência Social, o valor do salário família será pago como uma espécie de acréscimo ao benefício previdenciário.

Como solicitar o salário família?

Agora que você já sabe as principais informações a respeito do salário família, é hora de descobrir que fazer a solicitação do valor. A princípio, saiba que o processo é bem simples, mas requer alguns cuidados e dicas.

Por isso, é interessante acompanhar um passo a passo que explique detalhe por detalhe. Assim sendo, veja o guia completo de como ter acesso ao benefício!